Notícias



As Jornadas “A Floresta e os Incêndios”, uma iniciativa com organização conjunta do Círculo Cultura e Democracia e da Câmara Municipal de Arouca, terão lugar nos próximos dias 24 e 25 de março, no Auditório da Loja Interativa de Turismo de Arouca.

Estas Jornadas pretendem abordar o assunto de forma técnica e sustentada, e no sentido construtivo, com participação alargada aos múltiplos atores, procurando promover a apresentação, discussão e sensibilização para as propostas de intervenção mais atualizadas e adaptadas aos desafios atuais.

O programa conta com intervenções de gente especialista, reunindo oradores que se têm dedicado a produzir conhecimento técnico e/ou científico relevante na matéria a protagonistas muito experimentados no terreno, entre os quais agentes locais com envolvimento reconhecido.

O valor da Floresta e dos seus recursos, que é tanto económico, como ambiental e ecológico, socio-cultural e paisagístico, estará em foco no primeiro dia. Os valores permanecem, mas as ameaças são novas, face à realidade territorial e demográfica existente; o ordenamento e uma gestão adequada são essenciais para a promoção dos primeiros e para um desenvolvimento rural sustentável e sobre isso nos deteremos no dia 24.

No dia 25, as Jornadas serão em grande parte dedicadas à problemática dos Incêndios rurais devastadores que recorrentemente ameaçam esta Floresta, mas que não podem ser encarados como uma “fatalidade”. Veremos que existe, baseado na experiência e nos resultados da investigação, um corpo de soluções no domínio da educação, da prevenção, da agilidade no combate e no alinhamento dos três, que possibilitam uma redução da vulnerabilidade dos territórios e a minimização da dimensão de eventos futuros.

Haverá também espaço de discussão alargada a todos quantos nos queiram acompanhar, proprietários, produtores florestais e agropecuários, autarcas, investigadores, ambientalistas, técnicos e profissionais do setor, bombeiros e proteção civil, organizações coletivas, públicas e privadas, e quem mais se possa interessar pelo assunto, que é de todos. 

Por fim, as Jornadas terminarão com uma Mesa Redonda, reunindo intervenientes de ambos os dias no debate, para que, oxalá, se chegue à conclusão que, com o empenho e compromisso que os grandes desígnios exigem, está ao nosso alcance enfrentar e ultrapassar o desafio para uma Floresta de futuro!

O programa completo será oportunamente apresentado.