Outras Atividades



Recital Dois Violinos no Mosteiro

RECITAL "DOIS VIOLINOS NO MOSTEIRO"

Programa:
Leclair (1697-1764) - Sonata para Dois Violinos op.3 nº5
Haydn (1732-1809) - Duo em Si Bemol Maior
Bach (1685-1750) - Andante e Allegro da Sonata n.º2 para Violino Solo de Bach
Prokofiev (1891-1953) - Sonata para Dois Violinos
Béla Bartók (1881-1945) - Duos

Intérpretes:
Laura Rickard, violino
Matilde Loureiro, violino


A jovem violinista inglesa Laura Rickard tem desenvolvido uma carreira versátil, trazendo a música a públicos variados. Completou em 2017 a licenciatura na Royal Academy of Music, na classe do Professor Erich Gruenberg. Anteriormente, estudou no St. John’s College em Cambridge. A solo, fez o seu début com a Orquestra Sinfónica do estado de Michoacan.

Como músico de orquestra, foi líder da National Youth Orchestra e Cambridge University Symphony Orchestra. Participou em projectos das Filármónicas de Los Angeles e Londres. Recentemente começou a estudar violino barroco com Nicolette Moonen e apresentou-se com a RAM Baroque soloists e com Rachel Podger no Wigmore Hall.

A sua actividade de música de câmara levou-a a participar em masterclasses com Levon Chilingirian, e os quartetos Henschel e Brodsky. Foi premiada no Festival internacional de San Miguel (México). Desde 2015 é membro do Mila Piano Trio que se estreou no St. John’s Smith Square. Tem participado no Atlantic Music Festival e Orpheus Chamber Music Festival em Vienna.


Nascida em 1994 em Lisboa, a violinista Matilde Loureiro tem-se apresentado, a solo e em recitais de música de câmara com um repertório variado, em Portugal (nomeadamente na Fundação Calouste Gulbenkian, no CCB, no Palácio Foz, e no Palácio Fronteira), em Itália, França, na República Checa (no Rudolfinum em Praga), na Holanda e no Brasil, onde se estreou com o concerto de Mendelssohn no XXX Festival Internacional do Pará.

Iniciou os estudos musicais aos três anos e frequentou a Escola de Música do Conservatório Nacional, nas classes de violino e música de câmara do Professor Luís Cunha, e o Conservatório de Amesterdão, na classe do Professor Ilya Grubert, onde concluiu a licenciatura com distinção. Foi bolseira da F. C. Gulbenkian. Foram-lhe atribuídos vários prémios em concursos e festivais internacionais, nomeadamente no Prémio jovens Músicos, em 2008, nas Jeunesses Musicales de Belgrado e no Concurso Internacional do Fundão em 2017. Recentemente, participou no International Music Seminars (Reino Unido) e, com o quarteto Cypresses, de que é membro fundador e primeiro violino, no Akoesticum Talent Programme (Holanda). Recebeu orientação de artistas como Gérard Caussé, Jean Bernard Pommier, Gherard Schulz, Jérôme Pernoo, Maria Milstein, Svetlin Roussev, e membros do Julliard Quartet. Toca num violino de Christian Bayon.